BLOG DO WILLIAM FERNANDES | Members area : Register | Sign in

TWITTER

Blog WF no Twitter

Google+ Seguidores

...

...

Atalho do Facebook

Arquivo do Blog

Total de visualizações de página

big lar

big lar

yes

true

assis turismo

assis turismo

Fotos do facebook

Jovem grávida de 8 meses é assassinada com 20 facadas, pelo tio, dentro da casa em que morava

sexta-feira, 22 de maio de 2015

VÍTIMA DE 19 ANOS ESTAVA SEPARADA do marido; tio confessou crime no final da tarde


Sexta-Feira, 22 de maio de 2015
Os moradores do município de Água Branca ficaram chocados com a notícia de que uma jovem grávida havia sido assassinada na madrugada desta sexta-feira (22/05). A vítima identificada como Milena Araujo dos Santos, estava no oitavo mês de gestação e tinha 19 anos.

Segundo informações, Milena foi esfaqueada pelo menos 20 vezes, por volta de 1h30 desta sexta, dentro de sua própria residência, localizada na rua Santa Edvirgem, no Loteamento Macêdo, no município de Água Branca, 98 km de Teresina.

A vítima seria do Pará e morava com seu tio, identificado como Vitalmo Pereira de Sousa, e principal suspeito de ter cometido o crime. Ele foi encontrado ferido, com um corte no pescoço.

As informações repassado por pessoas ligadas à família dão conta que Vitalmo teria travado luta corporal com um homem que teria entrado na casa. Mas os policiais depois passaram a crer que Vitalmo, na verdade, teria tentado cometer suicídio após matar Milena, por isso estava ferido.

Milena era separada do marido e o corpo da vítima por volta das 11h desta manhã ainda se encontrava no local aguardando ser removido pelo IML para realizarem a perícia.

Viltamo, após ter recebido alta médica, foi encaminhado para prestar esclarecimento na Delegacia Regional de água Branca. Para o delegado, o acusado teria confessado o crime. Ele foi autuado em flagrante e ficará na cidade até que a justiça autorize a sua transferência para o presídio.

Do 180graus.com

Chapadinha: Aluno da UFMA é condenado a pagar R$ 7 mil a professor vítima de homofobia

Aliny Gama
Do UOL, em Maceió
O professor Glécio Machado
Siqueira moveu ação por danos
morais contra aluno
O Tribunal de Justiça do Maranhão condenou um estudante da UFMA (Universidade Federal do Maranhão) a pagar R$ 7 mil por danos morais por praticar homofobia contra um professor do campus de ciências agrárias e ambientais, no município de Chapadinha (a 246km de São Luís).
A decisão do juiz Cristiano Simas de Sousa, da 1ª Vara da Comarca de Chapadinha, saiu na última quarta-feira (20) e ainda cabe recurso.
A ação foi movida pelo professor doutor Glécio Machado Siqueira, 37, que pediu na ação judicial a reparação dos danos morais por agressões homofóbicas cometidas pelo aluno Cristiano Costa Maia. Segundo o professor, os atos homofóbicos começaram logo no início do ano letivo de 2014 e continuaram por meses, causando constrangimento dentro e fora da sala de aula.
O magistrado afirmou, em sua decisão, que não restou dúvida de que o professor foi vítima de homofobia no ambiente de trabalho. Sousa destacou ainda que a decisão, além de ter efeito para reparos de danos morais com o pagamento da indenização, deverá "servir o mesmo como viés pedagógico na prevenção de práticas deste jaez."
"O requerido, ainda na condição de aluno do requerente, o agrediu moralmente quando, sob o argumento de questioná-lo acerca de sua formação universitária, menosprezou seu papel docente, não por considerar sua formação insuficiente, mas por não tolerar sua opção sexual", destacou o juiz ao analisar os autos do processo.
Para o professor, a decisão "representa uma vitória, não só para minha pessoa, mas todos os cidadãos brasileiros que sofrem ou já sofreram algum tipo de discriminação."
"É preciso lutar contra os crimes de ódio, porque senão este tipo de violência apenas aumenta. Exerci com civilidade meu direito de ser respeitado e buscar justiça. Espero que esta sentença mesmo que preliminar sirva para a construção de uma sociedade igualitária, com valores e com respeito à cidadania", ressaltou o professor.
Siqueira relatou que após as agressões homofóbicas desenvolveu um quadro de depressão. "Por mais que eu me sentisse humilhado, eu levantava minha cabeça e ia dar minhas aulas, enquanto pude. Hoje vivo um estado de depressão grave, que se intensificou principalmente porque o aluno vinha me expondo cada vez mais nas redes sociais, como se minha intimidade tivesse relação com meu caráter e minha função pública. Isso dói, machuca, perturba o nosso psicológico".
Apesar dos problemas enfrentados durante o trabalho na UFMA, Siqueira disse que nunca recebeu apoio da universidade. "Comuniquei a Coordenação de Curso, a Direção de Centro, a Pró-Reitoria de Ensino, a Ouvidoria e a Reitoria, que nada fizeram com meu caso, pelo contrário se tratando de centro sou discriminado e sob constante assédio moral", disse o professor.
Siqueira tem dois pós-doutorados e foi chamado em 2014 em um concurso da UFMA para o campus de ciências agrárias e ambientais. Ele ministra aulas de física e biofísica para 200 estudantes dos cursos de engenharia agrícola, biologia e zootecnia.

O outro lado

A UFMA informou que não participou da ação judicial, mas que foi aberto um processo de investigação interna para apurar os fatos pela comissão de ética, que deverá ouvir os envolvidos de "forma democrática". O processo ainda não tem data para ser concluído.
"A UFMA desconhece também qualquer pedido do professor para atendimento médico, psicológico ou outro tipo de acompanhamento", diz a nota.
Questionado pela reportagem, Cristiano Costa Maia disse que 'luta pelos direitos humanos', mas não comentou sobre a decisão judicial.

COMEÇOU!!! Operação "Lei Seca" aborda centenas de veículos no Centro de Chapadinha (VÍDEO)

Por William Fernandes - sexta, 22 de maio de 2015 - 17h00

Começou em Chapadinha, por volta das 16h40, a operação "Lei Seca", que está sendo desenvolvida pelo governo do Estado do Maranhão, por meio do Detran, visando retirar de circulação veículos irregulares e coibir o uso de veículos por condutores que tenham ingerido bebidas alcoólicas.

Clique aqui e assista o vídeo

A blitz está sendo realizada neste momento, em frente à prefeitura. Centenas de veículos estão sendo abordados e a maioria, motos, está sendo apreendida, por falta de documentos dos veículos ou de CNH dos condutores.



A blitz não tem data para acabar em Chapadinha. PMs e Agentes de Trânsito de Chapadinha estão ajudando na operação.

Na câmara Eduardo Sá banca o defensor do meio ambiente e Marcelo, sem argumento, tenta criticar benefícios na zona rural de Chapadinha

Do Blog Interligado

Sexta-Feira, 22 de maio de 2015

A postura de alguns parlamentares de oposição parece que aos poucos está tomando  um rumo no minimo repugnante, ou ridículo. Sem discurso eles estão apelando pra tudo, até mesmo adotando postura contrária aos atos praticados, os quais resultaram inclusive em investigação da Polícia Federal, caso do vereador Eduardo Sá (PRTB). 

Vereadores Eduardo Sá e Marcelo Menezes, na tribuna da câmara de vereadores de Chapadinha
Fotos: arquivo 
Prevalece o velho ditado: "Quem tem rabo de palha. não passa perto de fogo". Vamos ao caso.

Ao usar a tribuna da câmara na sessão dessa quinta-feira, 21, o vereador Eduardo Sá, opositor ferrenho ao governo da prefeita Belezinha, criticou ferozmente a retirada de árvores da praça da Bíblia, que passa por um amplo processo de reforma e reconstrução.

A retirada das decanas árvores se deu devido a idade, que já as tornava inadequada para permanecer no logradouro, sem mencionar o risco à saúde da população, por conta da proliferação de pragas como "lacerdas", além do iminente dano as estruturas que estão sendo construídas, como foi justificado pelo próprio secretário de obras, Aluízio Santos, durante entrevista em rádio local ontem, 20. (Clique AQUI para rever matéria)

Agora, o que chama atenção é as referidas críticas partirem de um parlamentar, que há pouco tempo foi investigado pela Polícia Federal, sobre acusação de fraudes na Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA), onde a época exercia a função de secretário adjunto da pasta, segundo a PF.

A operação que apontou Eduardo Sá como um dos responsáveis de esquema que facilitava liberação de licenças ambientais, entre outros, favorecendo madeireiros e empresários de diversos setores, foi a "Ferro e Fogo I e II". A polícia Federal cumpriu na época mandato de busca e apreensão na casa e escritório do parlamentar, que curiosamente sumiu nesse período.

É esse mesmo o parlamentar que cheio da razão critica a retirada de árvores da praça da Bíblia? Dá pra acreditar? Com certeza não.

Não bastasse as declarações de Eduardo Sá, Marcelo Menezes (PRP), que se diz o rei da cocada preta a sombra de seu pai, o ex-prefeito Isaias Fortes, cujo sua trajetória política dispensa comentários, usou a tribuna do palácio legislativo Francisco Almeida Carneiro para, pasmem, se mostrar contra o desenvolvimento da zona rural. Dezenas de comunidades estão sendo tiradas  do isolamento.

Sem discurso, Marcelo apelou para infundadas críticas contra a construção de estradas vicinais na zona rural. O parlamentar mostrou total descontentamento com as referidas obras, que estão mudando a realidade de muitas comunidades. Comunidades essas esquecidas durante décadas por gestões passadas. 

Marcelo escancara a política do quanto pior melhor. Para ele quanto mais à população da zona rural estiver carente e esquecida, mais o terreno fica favorável a seu pai, na busca por votos. Pena que o povo começa a despertar e a realidade dessas comunidades mudar. 

As gestões de Isaias Fortes, marcadas por um total descaso ao município de Chapadinha, tanto com a sede, como zona rural, sem falar no amargar de até 9 meses sem pagamento do funcionalismo público, levando o município a falência, derrubam por terra qualquer discurso vindo de Marcelo Menezes, que devo destacar ser um dos vereadores menos atuantes da câmara. Alguém me aponte um projeto, indicação, ou requerimento do parlamentar? 

Acho que a Marcelo caberia bem melhor exercer a real função que lhe foi confiada pelo povo, que somente ocupar a tribuna para eternos e incansáveis blá, blá, blá.

É isso. 

Do blog Interligado

Preso suspeito de assassinar vereador em Santa Luzia, MA

Osmar Alves Pereira foi preso na cidade de Bacabal.
Vereador Cícero Ferreira era presidente da Câmara Municipal.

Do G1 MA

Preso suspeito de assassinar vereador em Santa Luzia, MA (Foto: Louremar Fernandes)Preso suspeito de assassinar vereador em Santa Luzia, MA (Foto: Louremar Fernandes)

Foi preso na noite desta quinta-feira (21), Osmar Alves Pereira, apontado como o autor dos disparos que mataram o vereador Cícero Ferreira, no dia 3 de maio. O vereador era presidente da Câmara Municipal de Santa Luzia e foi assassinado com seis tiros. A foto do suspeito foi divulgada nessa quinta pela Polícia Civil. Um revólver que pode ter sido usado no crime foi apreendido.
Segundo a polícia, Osmar Alves Pereira foi preso na zona rural de Bacabal. Ele estaria na cidade usando o nome falso de Leandro Santos Silva. O suspeito foi trazido para São Luís e está na sede da Superintendência Estadual de Investigações Criminais, no Bairro de Fátima.

Entenda
O crime aconteceu há três semanas no povoado Faísa, zona rural de Santa Luzia. O vereador, de 46 anos, foi atingido por seis tiros. Ele foi socorrido e levado para Buriticupu, mas morreu antes de chegar ao hospital. O assassino fugiu em uma moto.
Cícero Ferreira  estava no segundo mandato como vereador e ocupava o cargo de presidente da Câmara. Equipes da Polícia Civil e Militar foram enviadas a região para iniciar as buscas pelos assassinos e a investigação do crime.

COMEÇA NESTA SEGUNDA, SALDÃO DAS MÃES BIG-LAR




É TODA A LOJA COM SUPER DESCONTÃO PARA VOCÊ APROVEITAR E ECONOMIZAR.
SÃO MÓVEIS E ELETROS PARA SUA SALA QUARTO E COZINHA, TUDO PARA FACILITAR A VIDA DA SUA MAMÃE.

VEJA ESTA COZINHA ITATIAIA CRIATIVA , 03 PEÇAS EM AÇO DE R$ 1.169,00 POR R$ 999,00 OU PRESTAÇÃO DE R$ 99.90



E PARA FACILITAR A VIDA DA MAMÃE TEMOS TANQUINHO NEWMAQ 10KG, DE R$ 539,00 POR R$ 499,00 OU PARCELAS DE R$ 49,90 



E PARA DEIXAR A SALA DE SUA MÃE MAIS BONITA, TEMOS UM LINDO RACK DJ DE R$ 329,00 POR R$ 279,00 OU PRESTAÇÃO DE R$ 27,90



SALDÃO DAS MÃES BIG-LAR, A SUA LOJA EM SUA CASA 

AV. OLIVEIRA ROMA, 99, CHAPADINHA - MA, CENTRO (98) 3471-1216

Ficus benjamina, Praça da Bíblia e o desconhecimento dos fatos.

Todos nós temos clareza de que, nos termos do Art. 225 da CF/88, toda a população tem direito de desfrutar de um meio ambiente ecologicamente equilibrado, por ser um bem de uso comum, essencial à qualidade de vida, assim como consciência de que, cabe ao poder público e à coletividade, defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações.

As árvores presentes na praça da bíblia eram Ficus benjamina, conhecidas popularmente como Ficus, espécie exótica e não nativa, frondosa, com características próprias que, oferecem agradável sombra, mas ao mesmo tempo, se colocadas em calçadas, ruas e próximo a muros e construções, seu desenvolvimento rápido e suas raízes agressivas, destroem galerias pluviais e provocam danos às estruturas e tubulações subterrâneas e o que mais houver pela frente. Suas raízes haviam preenchido completamente o subsolo e já estavam sob as calçadas, provocando rachadura e comprometendo a praça.
Segundo pesquisas realizadas, o mais seguro é manter tais árvores com um afastamento de mais de 10 (dez) metros de tubulações subterrâneas e Construções, razão pela qual, em algumas das cidades brasileiras, o plantio de árvores da espécie ficus encontra-se proibido por causa da destruição por elas causada. A Guisa de exemplo, citamos a legislação de duas cidades brasileiras atinente ao assunto: Leis nº 4.806 de 02 de Junho de 1999 - Maringá - PR e 8.596 de 25 de Junho de 2007 - Belém – PA.

De acordo com CARVALHO et. al. (2013), a conscientização da população é necessária para evitar o plantio do Ficus nas calçadas, já que essa espécie não é indicada para as vias públicas por causarem muitos danos às calçadas e a fiação. Além do mais, grande parte dos indivíduos desta espécie deve ser substituída de forma gradativa com preferência às espécies nativas. Estas ações devem ser realizadas pela população e os Órgãos Públicos locais, que visem o bem estar da população.

É importante frisar que, a seiva leitosa dessa espécie de árvore, é tóxica, podendo provocar irritações e alergias na pele, prejudicando a saúde da população.

Dessa forma, fica claro que a mídia local tenta utilizar de todos os momentos, de crescimento do município, para a todo custo enfraquecer um governo que trabalha para o povo.

PM apreende 5 motos furtadas em Chapadinha

O 16º BPM apreendeu, nas últimas 48 horas, em Chapadinha, mais 5 motos furtadas.

Daqui a pouco postaremos as fotos dos veículos.

Prefeitura de Chapadinha entregará certificados a alunos de curso de arbitragem

A Prefeitura de Chapadinha realiza, na noite desta sexta-feira (22), a entrega dos certificados aos alunos que participaram do Curso de Arbitragem de Futebol de Campo e Futsal, promovido pela Secretaria de Esportes, no final de abril. A solenidade está marcada para as 19h no auditório da prefeitura.
Durante o curso, ministrado pelo instrutor da Federação Maranhense de Futsal Ronaldo Baldez, os alunos puderam trabalhar a parte técnica, tática e também, a resistência. O curso gratuito teve como objetivo ampliar o quadro de arbitragem no Estado para que em 2016 esses profissionais estejam aptos a integrar o quadro de oficiais de arbitragem da federação de futsal do Maranhão.
O curso também contou com a participação de mulheres. E até capacitação para anotadora cronometrista, função mais conhecida por mesários, foi oferecida pra esta turma. A iniciativa da Prefeitura de Chapadinha foi bastante elogiada e, para quem perdeu essa oportunidade, é bom ficar atento! O próximo curso já tem data para começar e vai ser de arbitragem de futebol de campo.
SECOM/PMC

43 veículos são apreendidos durante Operação Lei Seca, em Brejo

O governo do Estado do Maranhão determinou e a equipe do Detran enviou uma equipe da "Operação Lei Seca" para coibir irregularidades no trânsito na região do Baixo Parnaíba.

Ontem, só em Brejo, foram apreendidos 43 veículos irregulares- a maioria motos. Todos foram conduzidos ao pátio da 6ª Ciretran, em Chapadinha.

A próxima parada da Lei Seca será Chapadinha.

Foto: 16º BPM

Lei Seca: Veículos irregulares são apreendidos em Brejo; Chapadinha será a próxima parada

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran), está intensificando as ações de interiorização da Lei Seca no interior do Estado. Após fiscalização em várias cidades, o órgão realiza operações em Chapadinha, Brejo e Itapecuru.

Em Brejo, a equipe do Detran recolheu vários veículos irregulares, que circulavam pelas ruas e pela rodovia de acesso à cidade.

Em Chapadinha, a expectativa é grande pela chegada da equipe de fiscalização, no final de semana. 

NA região, é muito comum jovens e adultos conduzirem motos após ingerir altas doses de bebidas alcoólicas. O caso mais recente de irresponsabilidade no trânsito foi registrado no último dia 12, quando um motorista, com sintomas de embriaguês, bateu em um carro que estava parado em frente à loja de peças "Rei das Motos". Por pouco um motorista não atropelou uma criança e um casal que estava de moto.

Ele foi preso, mas foi solto no dia seguinte, após pagamento de fiança no valor de um salário mínimo.

Urgente! Garota de 16 anos é morta durante assalto, em cidade do MA.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Blog do William Fernandes - quinta, 21 de maio de 2015

A jovem Ana Cláudya Carvalho, de 16 anos, foi morta a tiro, por volta das 21h desta quinta, na cidade de Balsas, Sul do Maranhão.

Segundo o Coronel Medeiros, da Polícia Militar, dois elementos tentaram assaltar um grupo de garotas, quando Ana Cláudya saiu correndo e foi alvejada no pescoço.

Uma equipe do Samu tentou socorrer a estudante, mas quando chegou ao local, ela já estava morta.

A polícia já está nas ruas de Balsas, tentando identificar os criminosos.

Polícia descobre fábrica de armas e prende várias pessoas em Santa Inês

Policiais retiram armas de circulação
Uma mega operação das policias civil e militar, iniciada na noite desta quarta-feira (20), na cidade de Santa Inês já resultou na apreensão de várias armas de fogo, armas branca, drogas e munições. Várias pessoas também já foram presas.
A policia descobriu uma residência localizada no centro da cidade que servia de local para o armazenamento das armas e também um túnel com munições escondidas.
A fábrica de armas foi descoberta após denúncias anônimas. O morador da residência identificado como Jean Jorge Cabral, de 47 anos, foi preso.
Na operação, foram apreendidos oito revólveres, uma pistola 765, 27 espingardas de diversos calibres, 26 carcaças de revólveres de vários calibres, 21 munições de calibre 380, 11 munições de calibre 32, 12 munições de calibre 38, quatro munições de calibre 44, oito munições de pistola 6.35, 12 munições de calibre 22, 41 cartuchos de espingarda calibre 20 e 33 cartuchos de espingarda calibre 32.
A operação é uma resposta a violência que se instalou na cidade e ocorrerá ainda durante todo o dia de hoje.


E o outro ginásio poliesportivo que está sendo construído n o Areal, vc já viu?


A construção da quadra coberta ao lado da U. I João Gomes, no bairro Areal, já passa dos 50%/. São mais de 900 metros quadrados de área construída. Um investimento de quase 500 mil reais.
Na cidade estão sendo construídas duas quadras desse mesmo modelo. Uma no Areal e a outra é no bairro da Cohab.

Os empreendimentos são frutos de uma parceria da Prefeitura de Chapadinha com o Governo Federal, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que tem como objetivo proporcionar locais seguros para a prática de atividades físicas dos estudantes e também comodidade para a comunidade que vai poder contar com esses espaços amplos e seguros para a realização de eventos e competições esportivas.

Além desses benefícios, obras como estas, ajudam a aquecer economia da cidade e melhoram a vida de muita gente. Como a de Francisco Fábio, o pedreiro de 25 anos, estava desempregado e para garantir o sustento da família, teria que sair da cidade em busca de emprego. 

Mas isso não foi necessário. Pois com o início da construção da quadra no Areal, Francisco Fábio conseguiu a oportunidade de um bom emprego e o melhor: perto da família.
“Eu agradeço a prefeita por eu tá aqui, hoje. Eu dou o sustento pro meu filho daqui. Hoje não tá fácil pra conseguir emprego e a prefeita fazendo tanta obra, dá oportunidade pra muita gente. Tá 100%”, disse o pedreiro, Francisco Fábio Silva Cavalcante.

Histórias, como a do pedreiro, motivam o governo de Ducilene Belezinha a investir nessa área, pois todas as obras que estão sendo tocadas no município, mudam a vida de centenas de pessoas da construção à conclusão. A cidade cresce e todos ganham com isso. Compromisso e respeito com a população,que por muito tempo esperou por um governo capaz de trabalhar e mostrar que Chapadinha pode crescer muito mais.

Academia de saúde do bairro Caterpillar: uma realidade bem próxima!



A prefeita Ducilene Belezinha e o secretário de infraestrutura, Aluísio Santos, foram conferir o andamento dos trabalhos de construção da academia de saúde do bairro Caterpillar. A estrutura bem ampla, com vários compartimentos, vai proporcionar um espaço adequado para a prática de exercícios físicos. Aqui serão instaladas academias da terceira e primeira idade.

Esta obra é bem maior que a já existente no bairro do Areal. Os compartimentos, bem definidos, já contam com piso e instalações para as partes hidráulica e elétrica, já estão prontas. Todo o reboco interno também foi concluído. Os trabalhos se concentram na área onde ficarão os equipamentos das academias.

A obra é mais uma conquista do governo de Ducilene Belezinha, junto ao Governo Federal. E tem por objetivo estimular a prática de atividades saudáveis e também, transformar espaços, antes abandonados, em ambientes apropriados para toda a família frequentar em segurança.

E Belezinha segue trabalhando e entregando benefícios aos chapadinhenses

Prefeita Ducilene Belezinha entrega mobília nova, livros e kits pedagógicos para alunos da educação infantil da U.I. José Sousa dos Santos, no povoado Canto Ferreira
O dia para a turma do ensino fundamental da Unidade Integrada José Sousa dos Santos, no povoado Canto Ferreira, foi de mudança de mobília e de material escolar.
A surpresa foi feita pela prefeita Ducilene Belezinha e sua equipe, que foram até a comunidade para entregar aos pequenos alunos todo o material. Ao entrarem em sala de aula, os alunos se depararam com tanta novidade, que não sabiam nem por onde começar.

A curiosidade era pra saber do que se tratava cada peça diferente. E no momento que iam se familiarizando com os kits pedagógicos, a criatividade também, entrava em cena.
Foram entregues 7 mesas, 30 cadeiras, livros e kits pedagógicos de português e matemática. Um investimento da prefeitura de Chapadinha na área da educação infantil, que vem sendo realizada tanto na cidade quanto zona rural.
“ Esse investimento na educação infantil terá um grande retorno, que será o aprendizado de nossas crianças. O trabalho não está sendo feito apenas na cidade, mas na zona rural, também, pois acreditamos que, assim, vamos avançar muito mais na qualidade de ensino”, disse a secretaria de educação, Maria Coelho.
Com condições apropriadas para trabalhar em sala de aula, a professora, Lídia Nascimento, comemora a conquista.
“ O governo tá fazendo a diferença na educação. Com esse material vai melhorar nosso trabalho e as crianças vão interagir muito mais. Elas estão muito felizes e nós também”, comemora a professora
Se a professora está feliz, imagine a criançada diante de tanta novidade. A confirmação foi dada em coro, quando perguntados se gostaram dos materiais.
Pensando no futuro dessas crianças e sonho, que cada uma tem de se tornar, seja carpinteiro, bailarina ou advogada, é que a prefeita Ducilene Belezinha investe na educação infantil.
“Esse já é o terceiro ano, consecutivo, que entregamos material didático para nossos alunos. Estamos investindo também, na mobília. Acreditamos que para termos bons profissionais tudo começa na pré-escola, onde é a base de tudo. Nosso objetivo é avançar ainda mais”, declarou a prefeita Ducilene Belezinha.

VÍDEO: Tina Monteles lamenta divulgação de factoide sobre sua saúde

Blog da capital divulgou que a prefeita de Anapurus havia sofrido um “derrame facial”;
Tina está em sua residência, em Anapurus e não tem nenhum problema.


Blog do William Fernandes

A prefeita de Anapurus,  Tina Monteles,que recentemente passou por uma cirurgia na retina e está em fase de recuperação, disse ter tomado um grande susto, na manhã desta quinta (21), quando começou a receber ligações de várias pessoas, perguntando sobre seu estado de saúde.

Tudo isso, porque um blog da capital maranhense divulgou que ela estaria em São Paulo/SP, se tratando, após sofrer um “derrame facial”, fato que não ocorreu. Na verdade, tina está em Anapurus, em sua casa, onde recebeu o blog do William, hoje à tarde.

“As redes sociais são importantes, mas a gente tem que ter muito cuidado ao divulgar as coisas, e não cretinizar as pessoas. Deve primeiro ter a consciência do que está escrevendo, para que não possa divulgar a imagem de alguém e não cair no descrédito”, lamentou a prefeita, em entrevista ao Blog do William Fernandes, na tarde desta quinta, na residência dela, em Anapurus.

Prefeita tranquiliza a todos

Tina disse que está bem e credita factoides a pessoas que fazem oposição ao seu governo.

“Estou tranquila. Tenho uma vida de trabalho por Anapurus (são 43 anos), e nunca tive problema nenhum de saúde. Acredito que estejam jogando isso, para denegrir a minha imagem, do meu governo, mas isso não vai me abater de forma nenhuma, porque eu sou uma pessoa tranquila e equilibrada. 

Quero dizer aos meus amigos de Anapurus, do Baixo Parnaíba e do Maranhão, que tudo isso acontece comigo desde que comecei meu primeiro mandato, quando passei quatro anos sendo perseguida pelos meus adversários. Criticada o tempo todo. 

Voltei e ganhei novamente as eleições, em 2009 (*e se reelegeu para o terceiro mandato em 2011) e eles continuaram me criticando. Infelizmente, em Anapurus os adversários nunca aceitam [a derrota] e ficam a perseguir a quem ganha, a quem o povo confiou o seu voto. Eles não gostam de quem trabalha. Eles ficam perturbando, denunciando na comarca, nos tribunais, tentando atrapalhar e desestabilizar o governo. Mas não vão desestabilizar. Eu vou continuar mostrando que a verdade é a verdade e a mentira é a mentira. É muito triste usarem o nome das pessoas para jogar doença em quem não merece. Isso é um crime”.

Confira a entrevista no vídeo acima

Prefeitura de Chapadinha leva ações sociais ao Recanto dos Pássaros nesta sexta (22)

A Prefeitura de Chapadinha realiza amanhã (22) o projeto “Ação Solidária”, no bairro Recanto dos Pássaros, que tem por finalidade levar assistência a população de baixa renda, através de diversas atividades a ser executadas prefeitura e suas secretarias.  As ações serão realizadas na capela Nossa Senhora de Lurdes, das 09h às 18h.
Dentre as ações, haverá atividades recreativas, apresentações, orientações sobre saúde e assistência profissional.
Serão disponibilizadas orientações sobre mercado de trabalho, orientações de combate à violência contra a mulher, cantinho de leitura, cursos de pintura, atividades esportivas, atendimento na área da saúde, imunização contra gripe e HPV, atendimento odontológico e PSF,  e também informações sobre assistência social, além de corte de cabelo, limpeza de pede, manicure e pedicure.
O projeto levará a Prefeitura para os bairros onde inicialmente foi detectado maior necessidade, com atendimento e orientações a população. Todas as secretarias municipais estarão com stands no local.
SECOM/PMC

Anapurus: Tina Monteles e Júlio Cesar asseguram piso salarial aos agentes de Endemias do município.

Aconteceu na manhã de ontem, 20, no gabinete da prefeitura municipal de Anapurus, uma reunião organizada pelo secretário Júlio César e pelo secretário Genário Alves.

Estiveram presentes o presidente da câmara Anastácio o vereador Pingo o secretário de Assistência Social Zominha e os agentes de Endemias.

Onde ficou garantido que a partir do mês de junho os agentes de Endemias receberão piso, onde terão aumento em seus vencimentos com equiparação salarial determinada pela Prefeita Tina Monteles, com recursos próprios do município. Uma conquista para a categoria. 

Do Blog do Peron

Pagamento de maio: Belezinha anuncia injeção de mais de R$ 10 Milhões a partir de hoje



A prefeita de Chapadinha, Ducilene Belezinha concedeu entrevista na tarde desta quarta (20), à Rádio Mirante, no "Direto Assunto". Ela falou do pagamento de maio, que acontece amanhã (21), para Educação, pensionistas e aposentados, com 50% do décimo terceiro e progressões. Valor total sendo transferido: $ 7 Milhões e 576 Mil. Dia 30 serão pagos os demais servidores. Mais de 2 Milhões e meio que serão injetados neste dia, totalizando mais de $ 10 Milhões, só para os servidores. Sem contar os mais de $ 1 Milhão, também da prefeitura, para os fornecedores. A população e os comerciantes comemoram.

Lei Seca: Detran intensifica fiscalização e chega a Chapadinha e Brejo

Blog do William Fernandes
Quinta, 21 de maio de 2015
O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran), está intensificando as ações de interiorização da Lei Seca no interior do Estado. Após fiscalização em várias cidades, o órgão fará operações nas cidades de Chapadinha, Brejo e Itapecuru, .
São Luís
Na capital, no sábado (16), a equipe da Operação da Lei Seca, do Detran, em parceria com Polícia Rodoviária Estadual (CPRV) e Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), realizou 130 abordagens, cinco carros e uma motocicleta foram removidos para o pátio do Detran, e 12 condutores se recusaram a fazer o teste do etilômetro.
Ações realizadas
O Detran) intensificou as ações de fiscalização do órgão, no  fim de semana. As atividades compreendem a terceira etapa da Operação Lei Seca, que desta vez, começou pela Região dos Cocais, nas cidades de Coroatá e Codó, onde o trânsito já é municipalizado.
No município Codó, a operação contou com o apoio da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), por meio da Companhia Militar Rodoviária (CPRVd Ind.). Em Coroatá, além da PM, a equipe do Detran teve o apoio da Guarda Municipal e do Departamento Municipal de Trânsito. Nas operações realizadas nas duas cidades, 109 motos foram apreendidas.
Em Codó, segundo dados do Detran a frota é de 19.511 veículos, na sexta-feira (15) e no sábado (16), foram feitas 320 abordagens e lavrados 179 autos de infração. Durante as fiscalizações realizadas nas Avenidas Vitorino Freire e Cristóvão Colombo, dos 217 veículos removidos, 175 eram motos, a maioria dos condutores foi flagrada dirigindo sem habilitação e o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).
No teste do etilômetro, conhecido como bafômetro, a Operação Lei Seca, flagrou quatro condutores em situação de crime, quando a quantidade de álcool no sangue ultrapassa 0,34 miligramas. Os motoristas que dirigiam sob o efeito de álcool foram autuados em flagrante e conduzidos para a delegacia do município.
Em Coroatá, município que fica a 247 km da capital São Luís e cuja frota estimada pelo Detran é de 9.041 veículos, cerca de 70,42% são motocicletas. Durante a fiscalização, ocorrida no domingo (17), a equipe da Blitz Lei Seca fez 250 abordagens, 182 veículos irregulares foram removidos, sendo 132 motos. Destes, 71 condutores não eram habilitados, 29 veículos não possuíam o licenciamento obrigatório, e dois não tinham, sequer, registro no sistema. Quanto ao teste do etilômetro, apenas dois condutores se recusaram a fazer, os demais zeraram o bafômetro.
De acordo com o diretor geral do Detran, Antonio Nunes, um dos grandes problemas encontrados no interior do estado é a informalidade dos condutores, principalmente, os motociclistas. “A Blitz da Lei Seca tem caráter educativo, nosso objetivo é diminuir o número de acidentes no trânsito. No interior, muitos motociclistas não são habilitados e as motos não têm documentação regular. Isso é um problema sério que demonstra a falta de consciência e de preocupação das pessoas com as leis de trânsito e a consequência disso, é o alto índice de acidentes e mortes”, explicou Antonio Nunes.

Aluízio Santos Nega Superfaturamento em Reforma de Praça e Rechaça Críticas Sobre Retirada de Árvores

Em entrevista concedida as rádios Mirante AM e FM, de Chapadinha, na tarde dessa quarta-feira, 20, o secretário municipal de Obras, Aluízio Santos, esteve esclarecendo dúvidas, rebatendo críticas da oposição e anunciando vários investimentos para o município.

Aluízio rebateu críticas feitas por setores da oposição, inclusive parlamentares que chegaram a divulgar suposto super faturamento nas obras de reforma da praça da Bíblia, com informação de gasto em torno de 25 mil somente com tapumes, algo que para o secretário só pode ter sido resultado duma "noite mal dormida", ironizou.

O secretário ressaltou que há uma placa com todos os detalhes da obra, com valores e prazos de entrega expostos no local, garantindo total transparência à população. Para ele, tais críticas não passam de uma injustificada torcida contrária ao desenvolvimento do município.

Para ele, quem torce contra a implantação de um curso de medicina no município, que encontra defeitos em todas as obras executadas, não torce contra a gestão municipal, mas sim contra o povo de Chapadinha.

Sobre a polêmica levantada por um blog local, acerca da retirada das árvores então existentes na praça da Bíblia, Aluízio assegurou que as árvores serão substituídas por mudas já prontas para adequação no logradouro, com poder de crescimento rápido e que oferecerão mais sombra, embelezando e tornando mais agradável a nova praça.

Ele lembrou que as árvores existentes são daninhas, por deterem de raiz muito profunda, que danifica os logradouros e atrai insetos. As novas mudas, ao contrário, servem como repelentes naturais.

TRAVESSA COELHO NETO

Indagado sobre a conclusão da Trav. Coelho Neto, foco de promessa de obra do governo do estado, por meio do deputado Levi Pontes, Aluízio disse que é muito fácil falar, no entanto realizar, tocar a obra, é bem diferente.

O secretário tranquilizou à população, reafirmando a conclusão da obra, dentro do cronograma previsto pela secretaria de obras, que já beneficiou dezenas de ruas do município, a exemplo as proximidades da delegacia regional de Polícia Civil, já asfaltada e recebendo nesse momento as sarjetas e meios fios.

O secretário destacou também a continuidade de diversas obras por todo município, citando a construção de postos de saúde, UPA no bairro Areal, duplicação do acesso às mil casas e respondendo a indagação de um ouvinte, garantiu a pavimentação de vias no bairro Aparecida, como a Travessa Eurico Dutra.

Do Blog Interligado

VIOLÊNCIA: PRODUTO DA POLÍTICA IDEOLÓGICA

Por Almir Moreira

Quarta, 20 de maio de 2015

A discussão mais estéril e chata é aquela onde só se levam em consideração as consequências dos fatos, os efeitos.

Nunca, nem de perto, vão às causas.

Quando as “acham”, são essas mais de caráter ideológico do que fundadas na realidade.

O debate a respeito da violência é um bom exemplo, gira sempre no vazio; bradam nas mídias: o crime está aumentando, a insegurança é grande, a crueldade se repete, ninguém faz nada!

Esse é o tom, cada espetáculo mais cruel faz elevar as reclamações.

Mas não vejo quase ninguém perguntar: e por que isso acontece? Quais as causas dessa violência?

Tratam do assunto como se fosse algo natural; no geral, a sociologia barata e a política ideológica respondem de cara: isso é fruto da desigualdade social.

Ora, mas não é justamente essa desigualdade social que vem sendo diminuída nos últimos 10 anos?

A banalização da violência e a disseminação da criminalidade são frutos das mudanças  culturais, da reformulação dos valores morais ocorridos ao longo do último século e começo deste.

No caso brasileiro, agravado a partir do processo de redemocratização; calma, nada contra o regime de liberdades, mas contra a libertinagem democratista, cujo pano de fundo é excluir a responsabilidade individual.

Essa situação não se deu espontaneamente, não veio com o progresso ou é resultado do desenvolvimento.

Na verdade, foi construída na “calada da noite”, foi sendo introduzida aos poucos.

É resultado de uma batalha cultural inédita. Cujo o resultado almejado é a criação de uma nova sociedade, dotada de novos valores. Alheia aos ensinamentos responsáveis pela criação civilizacional do ocidente: negação da liberdade, da propriedade, da família tradicional e do cristianismo.

Agentes bem treinados disseminam há muito tempo essa nova cultura. Utilizam as universidades, as mídias e as artes. Dotados de artifícios retóricos e filosofias falsas, promovem mudanças de comportamento, criam novos paradigmas morais, donde aborto, revolução sexual, leniência com o uso de drogas, desarmamento, coletivismo, demonização das polícias e enfraquecimento da família passam a ser considerados avanços.

Na esteira de mudanças como essas, falsa liberdade, corrupção dos valores civilizatórios do ocidente, por fomentar a destruição da família e do indivíduo, veio e cresceu esse sentimento de banalização da vida.

As pessoas foram e estão sendo ensinadas a não reconhecerem seus erros, ao contrário, são estimuladas a se sentirem vítimas.

Fácil colocar culpa nos outros, fácil fugir de suas responsabilidades.

Só se fala em direitos 24 horas, mas finge-se não enxergar os deveres.

Só existe discurso de vítima, só culpa dos outros.

Theodore Dalrymple, estudioso do assunto, diz: “o mal, para florescer, precisa apenas de ter suas barreiras derrubadas...”

A linguagem teórica que faz do sujeito vítima da sociedade apoia o relativismo moral, não enxerga a responsabilidade individual e contempla o Estado como ente absoluto responsável por acudir o indivíduo.

Foram e são essas as condições geradas para derrubar essas barreiras.

Essa conversa de invadir propriedade rural, banco, sede de governo, reitoria, cortar estrada, demonizar a polícia não representa atitudes democráticas, nem civilizadas, antes incentiva a desordem e o crime, elas são um pulo para o banditismo.

E isso constantemente se repete e é incentivado.

O paternalismo democratista, coitadinho, que permite a um sujeito de 16 anos votar, que o tem como um senhor de direitos, mas lhe retira a capacidade penal, não faz outra coisa a não ser flertar com o crime.  

Enquanto não se romper com essa cultura política da morte, relativista, continuaremos na discussão estéril e, pior, marchando para a solidificação de uma sociedade desregrada, em desrespeito à ordem natural das coisas.

Curtir

CASO VALDÊNIA - ENTREVISTA COM DELEGADO

SIGA-NOS NO TWITTER

Seguidores

Minha lista de blogs